Modo:  
 
  
 
  Você está aqui:  Apresentação ::..
 
 
Centro das Comunidades Madeirenses Minimizar
 

No “MADEIREM/77”, delineou-se a criação do Centro do Emigrante Madeirense com objectivos bem definidos no domínio da informação, apoio na saúde e segurança social, da protecção do património e dignificação da família e no investimento em actividades de carácter sociocultural à pessoa migrante.
 
No dia 1 de Julho de 1977, o Centro era inaugurado, com sede à Rua 5 de Outubro, 19-2º andar, consubstanciando um leque de vontades e necessidades que constituíram as pontes de ligação dos madeirenses residentes no estrangeiro com o seu berço de origem na altura sob a tutela da Presidência do Governo Regional.
 
            Em 1989, já sob a tutela da Secretaria Regional do Turismo Cultura e Emigração, através do Decreto Regulamentar Regional nº 23/89/M, o Centro do Emigrante passa a designar-se Centro das Comunidades Madeirenses e muda as suas instalações para a Vila Passos em Outubro desse ano.
 
Em 1993, através do Decreto Regulamentar Regional nº 16/93/M, o Centro das Comunidades Madeirenses passa para a tutela da Secretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Comunicação.
 

Em 1997, pelo Decreto Regulamentar Regional nº 21/97/M, o Centro das Comunidades Madeirenses fica sob a tutela da Secretaria Regional dos Recursos Humanos, o que ocorreu até 9 de Novembro de 2011, data a partir da qual passou para a tutela da Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes. 

 

No desenvolvimento das suas actividades, o Centro tem vindo a cumprir com o estipulado nos programas do Governo Regional, no tocante a matérias de emigração e imigração.
 
 Imprimir   
   
 
  Minimizar

 

 

 Imprimir